Vamos nos reunirmos para trocar ideias e achar uma maneira para sairmos desta situação em que estamos.

Meus amigos, quando escrevi aqui sugerindo a passeata na ponte, foi para discutir a hipótese do que podemos fazer. O movimento terá que ter o apoio de todo mundo: Ou vai todo mundo ou não vai ninguém.

Em relação aos fuzileiros, nós não vamos invadir o Mocanguê. Se não podermos soltar no ponto, soltaremos no mais próximo e atravessaremos a pé pela ponte. Se houver resistência, ficaremos parados; pois de qualquer maneira chamaremos a atenção para a nossa situação de miséria salarial na qual estamos.

Vamos nos reunirmos para trocar ideias e achar uma maneira para sairmos desta situação em que estamos.

Ass: João Carlos

   E-mail enviado pelo João, para ser publicado no Blog, em resposta a dúvida levantada no comentário da penúltima postagem dele (leia).

Anúncios

Um comentário sobre “Vamos nos reunirmos para trocar ideias e achar uma maneira para sairmos desta situação em que estamos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s